Tratamentos Funcionais

PVD funcional

Durofilme ® é o revestimento duro de PVD funcional da Plasmar Tecnologia.

É ideal para moldes de injeção de plástico com cargas abrasivas e matrizes de conformação de chapas.

 

Características

  • Filme finíssimo, de altíssima dureza e ótima adesão ao substrato.
  • Resistente à corrosão.
  • Confere à ferramenta ou componente uma dureza superficial superior às obtidas por outros tratamentos.
  • Incrementa, muito significativamente, a vida útil e o desempenho de ferramentas ou componentes.
  • Reduz ou elimina a necessidade de lubrificantes

 

Técnica de PVD

A tecnologia PVD (do inglês physical vapor deposition) é usada para revestir superfícies de diversos materiais com filmes finos, seja para fins de proteção (PVD funcional) ou decoração (PVD decorativo).

Trata-se de um processo que atua na escala atômica e que se baseia na sublimação (passagem do estado sólido ao gasoso) de metais escolhidos por suas características funcionais e/ou por suas cores e na sua deposição.  O metal que será sublimado e depositado é chamado de alvo, e a peça, objeto ou amostra que será revestida é chamada de substrato.

O processo é realizado dentro de uma câmara de vácuo, numa atmosfera de plasma (gases parcialmente ionizados), com a presença de câtodos (elementos de carga elétrica negativa) e um ânodo (geralmente a câmara, de carga positiva).

Existem várias tecnologias para deposição de filmes por PVD. No caso do PVD funcional, uma das mais eficientes é a de magnetron sputtering. A equipe da Plasmar Tecnologia desenvolveu e construiu o primeiro equipamento nacional de porte industrial para deposição de revestimentos duros por magnetron sputtering. A técnica permite a deposição de filmes finos com propriedades mecânicas superiores, as quais aumentam muito significativamente a vida útil da peça revestida.

A tecnologia de magnetron sputtering é superior para revestimentos funcionais pois evita a formação de imperfeições (invisíveis a olho nu) no filme fino introduzidas pelas gotículas de material que fazem parte da descarga por arco catódico (uma das técnicas mais usadas para PVD decorativo) e que diminuem as propriedades mecânicas dos filmes resultantes. Enquanto essas imperfeições são críticas para aplicações de alta exigência mecânica, elas atendem amplamente as exigências dos revestimentos para aplicação decorativa, não interferindo na sua durabilidade nem na sua aparência.


 

« Voltar


Planta de produção
e Administração

(54) 3536-0090
(54) 3536-0091


Centro de P&D
(54) 3218-2732